30 de abril de 2015

CAOS INSTALADO NA EDUCAÇÃO PÚBLICA DE ITABORAÍ!

Nenhum comentário:
CRECHE ESCOLA MUNICIPAL FOSTER PARENTS PLAN, UM EXEMPLO DA FALTA DE PROFISSIONAIS, DA EXPLORAÇÃO DO TRABALHADOR E DO CAOS INSTALADO NA EDUCAÇÃO DE ITABORAÍ!
A Creche Escola Foster Parents Plan, localizada no Bairro de Marambaia em Itaboraí, é um exemplo da superexploração dos profissionais da educação. Além do atraso em quase dois meses no salário dos terceirizados da Empresa Lapa, outra grave situação está ocorrendo. As professoras da unidade estão sendo obrigadas a trabalhar em sala de aula no tempo que deveria ser destinado a atividades extraclasse. Isso mesmo, o tempo para o planejamento coletivo, por exemplo, não tem sido respeitado integralmente. Isso é extremamente prejudicial à saúde das professoras e à qualidade da educação.
PROFESSORAS INICIAM ABAIXO-ASSINADOS E DÃO PRAZO À SEMEC PARA SOLUÇÃO DO PROBLEMA DA FALTA DE PROFISSIONAIS DA ÁREA DIVERSIFICADA.
Na escola Foster faltam professores de Artes, Educação física, Ensino Religioso, sala de leitura, orientação tecnológica. Esses profissionais da área diversificada fazem falta na educação dos alunos. A maior parte deles desiste de trabalhar na escola. Os motivos são os baixos salários (professor contratado tem ganho líquido inferior a um salário mínimo), o difícil acesso (são até três conduções e o prefeito Helil cortou as gratificações por dificílimo acesso), os atrasos frequentes no pagamento, as condições difíceis de trabalho. Como professor não é “tapa buracos”, as profissionais da escola estão se mobilizando contra essa situação que se arrasta há mais de um ano. O abaixo-assinado e o prazo para solução do problema dado à SEMEC são o início da luta para que a lei do 1/3 e a dignidade do profissional da educação sejam respeitados.
A Creche Escola Foster Parents Plan também não conta com sala de informática, sala de leitura, biblioteca e sala dos professores.
O SEPE SOMOS NÓS. A NOSSA FORÇA, A NOSSA VOZ!

23 de abril de 2015

REDE MUNICIPAL: CARTA À POPULAÇÃO DE ITABORAÍ

Nenhum comentário:
Solicitamos, se possível, que você tire cópias da carta para a panfletagem na comunidade escolar. O sepe fará o ressarcimento do valor e, para isso, é necessário apresentar a nota fiscal na sala do sindicato.

Saudações sindicais, 
Direção do SEPE/Itaboraí

22 de abril de 2015

O DESCASO COM A EDUCAÇÃO PÚBLICA DE ITABORAÍ

Nenhum comentário:
ATRASO E FALTA DE PAGAMENTO DOS SALÁRIOS DOS PROFISSIONAIS DA ÁREA DIVERSIFICADA E DOS TERCEIRIZADOS.

O Sindicato Estadual dos Profissionais em Educação – Núcleo Itaboraí vem a público repudiar a forma como a Prefeitura de Itaboraí e a Secretaria de Educação tratam parte dos profissionais da rede municipal de ensino.

Estamos cientes que os profissionais da área diversificada estão com seus salários atrasados.

Assim como, os profissionais que são terceirizados, isto é, aqueles contratados por empresas privadas que prestam serviços ao governo municipal, estão sem receber e sem previsão para o pagamento dos salários.

Tornamos público nosso total apoio a estes trabalhadores que são essenciais para o funcionamento das escolas da rede. Deste modo, nos colocamos a disposição para possíveis orientações.

EXIGIMOS O PAGAMENTO IMEDIATO DOS SALÁRIOS DOS PROFISSIONAIS QUE ESTÃO SEM RECEBER!

NÃO IREMOS ACEITAR QUE A EDUCAÇÃO PÚBLICA PAGUE PELA CRISE QUE VEM SENDO ANUNCIADA NO MUNICÍPIO.

Antes de qualquer corte no orçamento da educação pública, exigimos que a Prefeitura torne público o orçamento do município, os contratos com todas as empresas privadas e os gastos que são realizados pelo poder municipal.

A EDUCAÇÃO NÃO PAGARÁ PELA CRISE

TODO APOIO AOS PROFISSIONAIS DA ÁREA DIVERSIFICADA

TODO APOIO AOS PROFISSIONAIS TERCEIRIZADOS!

O SEPE SOMOS NÓS. A NOSSA FORÇA, A NOSSA VOZ!

20 de abril de 2015

13 de maio - GREVE DE ADVERTÊNCIA DE 24 HORAS - REDE MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE ITABORAÍ

Nenhum comentário:
REDE MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE ITABORAÍ

ATENÇÃO !!!

Frente as dificuldades encontradas pelo profissionais da educação na rede pública de ensino, a categoria decidiu em assembleia, uma GREVE DE ADVERTÊNCIA no dia 13 de maio - QUARTA-FEIRA.

Os problemas encontrados na rede:

- Escolas enfrentando sérios problemas estruturais;
- Falta de profissionais da Educação;
- Falta de diálogo. O poder público não recebe a categoria;
- Perdas salariais de 34% e nenhum indicativo de reajuste na data base;
- Congelamento do PCCS;
- Falta de democracia nas escolas;
- Assédio moral e perseguições nas escolas;
- Falta de lisura com o dinheiro público no município;
- O não cumprimento da Lei de 1/3 de atividades extraclasse e a tentativa da SEMEC de não levar em conta o que foi decido no seminário que discutiu a aplicação da Lei no município;
- Falta de pagamento aos professores contratados;
- Falta de pagamento aos profissionais da educação terceirizados (cozinheira, equipe de apoio...).

As dificuldades aumentam, já que o poder público deixa claro sua falta de compromisso com a educação pública.

É tarefa histórica dos profissionais da educação garantir a luta por uma EDUCAÇÃO PÚBLICA, DE QUALIDADE, GRATUITA, LAICA E RADICALMENTE DEMOCRÁTICA.

Temos que fortalecer nossa luta. Está na hora de invadir as escolas e mobilizar toda a categoria e a comunidade escolar.

Estamos certos que nossos direitos só são conquistados com muita luta!

Só a luta muda a vida!

O SEPE SOMOS NÓS. A NOSSA FORÇA, A NOSSA VOZ!


13 de abril de 2015

2 de abril de 2015

16 DE ABRIL - MEIA PARALISAÇÃO NA REDE MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE ITABORAÍ

Nenhum comentário:
PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO DECIDEM POR MAIS UM DIA DE LUTA NA REDE MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE ITABORAÍ

A EDUCAÇÃO NÃO PAGARÁ PELA CRISE
EM DEFESA DA EDUCAÇÃO PÚBLICA


                                  PRÓXIMO CALENDÁRIO DE LUTAS 

MEIA PARALISAÇÃO NO DIA 16 DE ABRIL PARA TODOS OS TURNOS


ASSEMBLEIA DOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO

Local: Sala do Sepe Itaboraí - R PRESIDENTE COSTA E SILVA 10/104 - CENTRO – ITABORAI - CEP 24800-000. 
Horário: 9:30 
Pauta: campanha salarial 2015 - 1/3 de atividades extraclasse - PCCS
PANFLETAGEM NOS TURNOS DA TARDE E DA NOITE

Panfletagem na comunidade escolar e continuidade da coleta de assinaturas para o abaixo-assinado (solicitação para que o prefeito receba a categoria em audiência). Momento de denúncia das reais condições de trabalho e problemas que são enfrentados nas escolas municipais. 

EVENTO NO FACEBOOK: https://www.facebook.com/events/909082052488491/

O SEPE SOMOS NÓS. A NOSSA FORÇA, A NOSSA VOZ!

1/3 DE ATIVIDADES EXTRACLASSE - ORIENTAÇÕES - 2º SEGMENTO

Nenhum comentário:
ORIENTAÇÕES PARA OS(AS)  PROFESSORES(AS) SOBRE A “PESQUISA DE INTERESSE” REALIZADA PELA SEMEC ACERCA DA IMPLANTAÇÃO DO 1/3 DA CARGA HORÁRIA PARA ATIVIDADES EXTRACLASSE (2º SEGMENTO)
Em 2013, efeito da greve dos profissionais da rede municipal de educação de Itaboraí, foi firmado um compromisso pela prefeitura relativo ao direito garantido em lei (11.738/2008) do 1/3 da carga horária do professor para atividades extraclasse. No final de 2014 e início de 2015 foi organizado um seminário com delegados escolhidos nas escolas para definir a metodologia de implantação da referida lei.
Dentre outras, foi aprovada a proposta segundo a qual os professores do 2º segmento poderiam escolher entre duas opções de migração, a saber:

Ø Migração para 12 tempos: Os profissionais que optarem por essa alternativa manteriam os vencimentos atuais e cumpririam a seguinte carga horária: 8 tempos com turmas e 4 tempos em atividades extraclasse. Desses 4 tempos, ¼ com presença obrigatória na escola para o planejamento coletivo.  Aqui haveria a necessidade de adequação da matriz curricular.

Ø Migração para 18 tempos: Os profissionais que optarem por essa alternativa teriam garantidos vencimentos proporcionais e cumpririam a seguinte carga horária: 12 tempos com turmas e 6 tempos em atividades extraclasse. Desses 6 tempos, ¼ com presença obrigatória na escola para o planejamento coletivo.


DÚVIDAS E DELIBERAÇÃO DA ASSEMBLEIA DO DIA 31/03/2015

Durante a assembleia dos profissionais de educação da rede municipal, realizada nesta quarta-feira surgiram os seguintes questionamentos:

·        Na pesquisa de interesse realizada pela SEMEC não consta a opção de migração para os 12 tempos;

·        Na mesma pesquisa, a primeira opção apresenta uma redação que deixa margem de dúvidas quanto à fração do 1/3 de atividades extraclasse que deveriam ser cumpridas na escola, no planejamento coletivo. Lembrando que o seminário aprovou a fração de ¼ para esse planejamento com presença obrigatória na escola, conforme descrito acima;

Embora a SEMEC esclareça no documento que a proposta de implantação do 1/3 seja constituída de algumas partes e que a referida pesquisa seja apenas uma parte inicial, permanecem ainda, conforme o relatado, algumas dúvidas e questionamentos. Sendo assim, até que os profissionais de educação estejam devidamente esclarecidos e seguros quanto ao cumprimento das decisões do seminário, a categoria reunida em assembleia deliberou pelo seguinte:
NÃO PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO DE PESQUISA DE INTERESSE ATÉ QUE AS DÚVIDAS SEJAM SANADAS E A OMISSÃO DA ALTERNATIVA DE MIGRAÇÃO PARA OS 12 TEMPOS DEVIDAMENTE EXPLICADA E JUSTIFICADA.
A direção do SEPE/Itaboraí informa ainda que enviou nesta quinta-feira (02/04/2015) ofício à SEMEC no qual solicita em caráter de urgência uma audiência para tratar do assunto. Aguardamos resposta.

O SEPE SOMOS NÓS. A NOSSA FORÇA, A NOSSA VOZ! 
 

AddThis Smart Layers